O Ministério Público da Paraíba (MPPB) instaurou inquérito civil para apurar supostas irregularidades na ocupação de cargos em comissão na Câmara de Vereadores de São João do Rio do Peixe, município do Sertão paraibano. A portaria que autoriza a investigação foi publicada na sexta-feira (27).

O presidente da Casa Legislativa, o vereador Antônio Luiz de Sousa, conhecido como Toinho do Gravatá (PSDB), é o alvo do inquérito.

A ação é promovida pelo próprio Ministério Público da Paraíba.