O orgulho e o amor à Campina Grande, sua terra natal, foram declarados na tribuna do Senado Federal pela senadora Daniella Ribeiro (Progressistas), na quinta-feira (10). Em um discurso firme, porém cheio de agradecimento, Daniella Daniella parabenizou Campina Grande pela comemoração de seus 155 anos de emancipação política. Mais que isso: levou o nome de Campina para todo o Brasil que acompanhava sua fala pela internet e pela TV Senado. A senadora reafirmou o seu compromisso de lutar pelo fortalecimento da economia e da geração de emprego.

“Tenho um imenso orgulho da minha cidade, das pessoas e da cultura campinense. Carrego as tradições em minha memória, no meu coração, e as compartilho a todo momento”, frisou. A senadora lembrou do apelido carinhoso de Campina Grande, Rainha da Borborema, por ser localizada no Planalto da Borborema. Citou Jackson do Pandeiro, o rei do ritmo, cuja obra está em exposição esta semana no Congresso Nacional.

Daniella disse que “falar da nossa cidade, do nosso povo e dos nossos costumes é uma alegria imensa. Construímos uma história linda de conquistas, em diversas áreas, para ser celebrada com altivez e felicidade”. Destacou que as homenagens pelo aniversário da cidade merecem receber o tempero das nossas tradições, assim como os ingredientes dos nossos costumes. “Somos um povo caloroso, resiliente, solidário e que gosta de reverenciar a arte”, afirmou.

Ainda na tribuna, relembrou o potencial econômico, cuja capacidade de reinvenção também é um marco. Lembrou de desafios como o uso de soluções criativas e a modernidade que sempre esteve presente em Campina. “Produzimos bebidas, proteína animal, têxteis, além de vários outros produtos. Durante muitos anos, estivemos entre os maiores mercados algodoeiros do mundo e alcançamos a posição de maiores exportadores brasileiros de algodão”, disse.

Daniella, nascida em Campina Grande, também iniciou nessa terra sua trajetória política como vereadora, despontando depois como deputada estadual, cargo para o qual foi reeleita, até ganhar nas urnas como a primeira senadora da Paraíba. Senadora campinense.