Um documento apreendido em uma casa do deputado federal Wilson Santiago cita diversos pagamentos de valores a políticos paraibanos, entre eles o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), que teria recebido R$ 60 mil, em três vezes de R$ 20 mil. O documento também cita que Cartaxo ainda receberia outros R$ 200 mil. As informações, e parte da lista, foram publicadas na Revista Crusoé e no site O Antagonista nessa terça-feira (4).

Também são citados no documento Marconi Paiva, Nadja Palitot e Elson Carvalho. Outro documento apreendido foi um registro de controle financeiro relacionado a uma aeronave de prefixo PT WRL e estava em uma mala de mão de Santiago. Para os investigadores, o registro aponta para “graves indícios de ocultação patrimonial para lavagem de dinheiro”.

A empresa dona do avião tem como sócio Israel Nunes de Lima, filmado pela PF recebendo valores desviados da licitação para a construção da Adutora Capivara em Uiraúna, sertão da Paraíba.

O Fonte83 entrou em contato com a assessoria do prefeito para saber dele um posicionamento sobre o assunto, mas não obteve retorno até a publicação desta matéria. Veja abaixo o documento com citação a Cartaxo.