A Paraíba descartou de uma vez 76 casos suspeitos de coronavírus na manhã desta quinta-feira (26) e subiu para 193 casos descartados no total. Segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde (SES), os exames estavam no Instituto Evandro Chagas, no Pará, e foram liberados todos de uma vez. Dentre os descartados, está o de uma das mortes suspeitas por coronavírus, a primeira que havia sido notificada no estado, da mulher de 39 anos que morreu em um hospital particular de João Pessoa.

Ainda de acordo com a SES, dos 76 exames descartados para Covid-19, 21 deles indicaram que os pacientes estavam infectados por outros vírus que causam doenças respiratórias, como H1N1, H3N2 e rinovírus. O exame da paciente de 39 anos notificada como primeira morte suspeita de coronavírus não acusou nenhum vírus respiratório, segundo a SES. A Paraíba não tem caso confirmado de morte por coronavírus.

Curva de contágio do coronavírus na Paraíba: veja evolução de casos suspeitos e confirmadosSaiba o que fazer se apresentar sintomas de contaminação na ParaíbaComo ficam os serviços na Paraíba após medidas para conter a pandemia

Restam 100 amostras de exames que foram enviadas pela Paraíba no Instituto Evandro Chagas. Na noite de quarta-feira (25), a SES havia descartado outros 17 casos que estavam sob suspeita de coronavírus. A Paraíba seguia na manhã desta quinta com cinco casos confirmados de Covid-19.

cinco casos confirmados de coronavírus193 casos descartados de coronavírus

O número de pacientes internados por suspeita de infecção pelo novo coronavírus aiu entre a noite de quarta e manhã de quinta-feira. Passou de 33 para 31 pessoas internadas em leitos de hospitais paraibanos, sendo 23 internados em leitos regulares e oito pessoas internadas em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) no estado.

Os dois novos casos confirmados de Covid-19 no estado são de duas mulheres, de 45 e 55 anos, que moram em João Pessoa. As duas mulheres tiveram contato com casos suspeito de Covid-19, que ainda estão em investigação. Elas seguem em isolamento domiciliar e estão sendo acompanhadas pela vigilância municipal.

Os outros três casos confirmados na Paraíba são de um homem de 60 anos, morador da cidade de Igaracy, a cerca de 454 km de João Pessoa, no Sertão paraibano; de um outro idoso, também de 60 anos, morador de João Pessoa; e de uma mulher, 31 anos, residente em João Pessoa com histórico de viagem para São Paulo no dia 14 de março.

Os três primeiros pacientes que tiveram os testes confirmados para o coronavírus estão curados, de acordo com o secretário de estado da saúde, Geraldo Medeiros. Conforme a assessoria da SES, os três já estão fora do período de 14 dias de transmissão da doença, estão bem e em casa.

Mais uma morte descartada

Uma mulher de 39 anos morreu na madrugada do dia 18 de março com suspeita do novo coronavírus em João Pessoa. Ela tinha sido internada com problemas respiratórios graves e a gravidade do estado de saúde evoluiu, causando a morte. O caso dela foi o primeiro de morte suspeito por coronavírus (Covid-19) e foi descartado na manhã desta quinta-feira após resultado de exame feito no Instituto Evandro Chagas.

Segundo a assessoria de comunicação da secretaria, a paciente estava internada no Hospital Universitário Nova Esperança (HUNE) há duas semanas e apresentava mais de uma doença. Ainda segundo a SES, a mulher já teria alguns agravos de saúde, com reincidência de internações hospitalares e não tem histórico de contato com outros casos suspeitos de coronavírus já notificados no estado.