O Governo da Paraíba alterou o decreto de medidas de prevenção contra o coronavírus em publicação no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (21). A partir de agora, os estabelecimentos devem cobrar a utilização de máscaras pelos clientes, mas não estão obrigados a proibir a entrada de quem não estiver com a proteção facial.

O decreto alterou a obrigação do uso de máscaras para apenas uma recomendação.

O primeiro decreto obrigava a abertura do estabelecimento apenas com empregados e prestadores de serviços utilizando máscaras, assim como os clientes. Com a alteração, a obrigatoriedade permanece apenas para os colaboradores.