Por Campelo Sousa

O número de doadores de sangue diminuiu em toda a Paraíba por conta da pandemia de coronavírus, e hemonúcleos de várias cidades estão realizando campanhas para conseguir reabastecer o estoque do banco de sangue.

Na cidade de Santa Cruz, a estudante Maria de Fátima da Silva Mendes, de apenas 13 anos, compartilho através do WhatsApp um vídeo fazendo campanha para conseguir que doações de sangue. Ela é filha da recepcionista Francisca Sharlene da Silva.

Com cartazes, a adolescente mostra frases de incentivo aos doadores: “Ajude quem precisa, bora doar, abrace essa causa o seu sangue salva vidas”.

Quem pode doar?
Para doar é preciso portar um documento oficial e original com foto, ter entre 16 e 69 anos – pessoas com menos de 18 anos devem estar acompanhados de um dos responsáveis legais.

É importante salientar que a primeira doação deve ser realizada antes dos 60 anos. Também é preciso estar bem alimentado, saudável, ter dormido bem na noite anterior – no mínimo seis horas –, pesar acima de 50 kg e não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 24 horas. Demais critérios são avaliados em uma entrevista individual (triagem clínica) que antecede a doação.

DIÁRIO DO SERTÃO